METROPOLE

Segunda-feira, 10 de maio de 2021

Brasil

STF vai investigar assessor de Bolsonaro por declaração sobre vídeo das hienas

O STF também iria enviar um um pedido de explicações para o presidente, mas desistiu após Bolsonaro se desculpar

STF vai investigar assessor de Bolsonaro por declaração sobre vídeo das hienas

Foto: Isac Nóbrega/PR

Por: Kamille Martinho no dia 30 de outubro de 2019 às 15:20

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai abrir uma investigação contra o assessor internacional da Presidência da República, Felipe Martins, no inquérito criado para apurar fake news e ameaças contra integrantes da corte. 

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou na última segunda-feira (28) um vídeo em que comparou partidos políticos, a imprensa e o STF à hienas. Bolsonaro apagou o material e se desculpou no dia seguinte, mas Martins reforçou seu conteúdo, sendo este o motivo da abertura da investigação.

"O establishment não gosta de se ver retratado, mas ele é o que ele é: um punhado de hienas que ataca qualquer um que ameace o esquema de poder que lhe garante benefícios e privilégios às custas do povo brasileiro. Isso só mudará quando o Brasil se tornar uma nação de leões", escreveu o assessor ontem (29), em sua conta no Twitter.

O STF desistiu de enviar um pedido de explicações para Bolsonaro após o presidente ter se desculpado. Como Martins não fez o mesmo, ele será investigado.

TV METRO

Entrevistas

Rodrigo Maia

Em 10 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
STF vai investigar assessor de Bolsonaro por declaração sobre vídeo das hienas - Metro 1