Brasil

'Se voltarem, ganham passagem só de ida para presídio federal', diz Moro após fuga no Paraguai

Segundo ministro, o governo brasileiro também está à disposição para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos

['Se voltarem, ganham passagem só de ida para presídio federal', diz Moro após fuga no Paraguai]
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 19 de Janeiro de 2020 ⋅ 20:00

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou hoje (19), em publicação no Twitter, que está trabalhando junto as forças estaduais para impedir que criminosos que fugiram do Paraguai retornem ao Brasil.

O ex-juiz acrescentou que, se os 75 fugitivos integrantes do PCC adentrarem no território brasileiro, ganhariam "uma passagem só de ida para presídio federal". 

"Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal", publicou.

Segundo Moro, o governo brasileiro também está à disposição para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. 

O ministro determinou também o fechamento da fronteira entre Brasil e Paraguai no trecho com o estado do Mato Grosso do Sul. Os integrantes da facção brasileira que fugiram estavam detidos na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A cidade fica na fronteira com Ponta Porã (MS).

Leia mais:

Governo brasileiro fecha fronteira com Paraguai após fuga de presos

Notícias relacionadas

[PF cumpre mandado de busca e apreensão no BNDES]
Brasil

PF cumpre mandado de busca e apreensão no BNDES

Por João Brandão no dia 26 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:40 em Brasil

A busca faz parte do processo que investiga o ex-ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão e o ex-presidente da Ancine Christian de Castro