Brasil

'Redes Cordiais': projeto combate fake news em meio à pandemia de coronavírus

A iniciativa conta com mais de 130 influenciadores digitais, que auxiliam na disseminação de informações corretas por workshops

['Redes Cordiais': projeto combate fake news em meio à pandemia de coronavírus]
Foto : Divulgação

Por Lara Curcino no dia 02 de Abril de 2020 ⋅ 13:10

Jornalista e co-fundadora da iniciativa Redes Cordiais, Alana Rizzo afirmou hoje (2), em entrevista à Rádio Metrópole, que o projeto é de fundamental importância no enfrentamento à desinformação durante a pandemia do novo coronavírus.

“O Redes Cordiais foi criado no auge de 2018, com toda aquela polarização gerada pelas eleições presidenciais. O nosso projeto consiste na realização de workshops com influenciadores digitais para transmitir as informações corretas e combater as fake news. A gente acredita que os influenciadores têm uma responsabilidade maior em transmitir notícias verdadeiras e informações de qualidade para que cada vez mais pessoas se conscientizem”, explicou Alana.

Alana acredita que as pessoas que possuem visibilidade ampla na internet têm importante papel na disseminação de informações confiáveis. “Hoje temos mais de 130 influenciadores, pequenos, grandes, de diversas áreas. A gente busca trazer esse senso de responsabilidade de que, se você tem uma quantidade considerável de seguidores, você tem que falar mais do que sobre você”, afirmou ela.

A jornalista ainda orientou a população a não confiar em informações recebidas por meio das redes sociais. “Em tempos de pandemia, não acredite em nenhum áudio que você receber de um amigo, do amigo do amigo, cheque a informação nos meios oficiais: Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, a imprensa. Por isso todas as informações que o grupo Rede Cordiais consegue checar, confirmamos o mais rápido possível.”

Notícias relacionadas