Brasil

Ex-advogado da família Bolsonaro, Wassef vira réu em ação desdobramento da Lava Jato

Denúncia é desdobramento da operação Esquema S, que investiga escritórios de advocacia do Rio e de São Paulo

[Ex-advogado da família Bolsonaro, Wassef vira réu em ação desdobramento da Lava Jato]
Foto : Fábio Mota/AFP

Por Geovana Oliveira no dia 30 de Setembro de 2020 ⋅ 15:48

A Justiça Federal do Rio de Janeiro aceitou uma denúncia da Lava Jato que acusa Frederick Wassef de peculato e lavagem de dinheiro. Com isso, o ex-advogado da família Bolsonaro é agora réu. 

A denúncia foi aceita pela juíza federal substituta Caroline Vieira Figueiredo. Ela é um desdobramento da operação Esquema S, da Lava Jato, que investiga escritórios de advocacia do Rio e de São Paulo em um esquema de tráfico de influência que, segundo o Ministério Público Federal, desviou R$ 151 milhões do Sistema S — que engloba Fecomércio, Sesc e Senac.

Segundo o portal G1, Wassef disse em nota que "estão criminalizando a advocacia no Brasil", e afirmou que nunca teve relação comercial com a Fecomércio, nem negociou com eles.
 

Notícias relacionadas