Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

'Casos aumentaram assustadoramente, não temos como vencer sem a população', diz coordenador do Samu

"Nossa equipe está exausta, no limiar psíquico", desabafou Ivan Paiva durante o programa Jornal da Bahia no Ar, na Rádio Metrópole

['Casos aumentaram assustadoramente, não temos como vencer sem a população', diz coordenador do Samu]
Foto : Reprodução/Youtube

Por Kamille Martinho no dia 17 de Fevereiro de 2021 ⋅ 10:20

Na manhã de hoje (17) o coordenador médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ivan Paiva, comentou sobre o desgaste dos profissionais de saúde que estão na linha de frente na batalha contra a Covid-19 em Salvador. Diante do aumento de casos da doença na capital baiana, o médico afirma que não há como vencer a luta sem a participação da população.

"Nossa equipe está exausta, no limiar psíquico. Só quem está dentro dos hospitais, das ambulâncias, das UPAs, do gripário entende a gravidade do que está acontecendo. É desestimulando entender que não temos nossos principais aliados, que é a população", disse durante o programa Jornal da Bahia no Ar, na Rádio Metrópole. "Não há como vencer essa luta sem a participação das pessoas".

Segundo Ivan, o processo se torna mais difícil pois os profissionais precisam de qualificações específicas para atuar na linha de frente. "Não basta ser médico, enfermeira, fisioterapeuta, tem que saber lidar com paciente crítico, tem que saber intubar, saber conduzir um paciente em ventilação mecânica. E há uma escassez de profissionais com esse tipo de qualificação", completou.

Notícias relacionadas