Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

Capital baiana amplia o número de leitos com abertura do Hospital Salvador

Unidade conta com 160 novos leitos exclusivos para tratamento de Covid-19

[Capital baiana  amplia o número de leitos com abertura do Hospital Salvador ]
Foto : Betto Jr/Secom/PMS

Por Gabriel Amorim no dia 26 de Fevereiro de 2021 ⋅ 18:17

Em pronunciamento realizado através das redes sociais, o prefeito Bruno Reis (DEM) anunciou a abertura de um novo hospital de campanha em Salvador. O Hospital Salvador, que será administrado pela Santa Casa de Misericórdia, receberá pacientes ainda hoje (26). A nova unidade conta com 40 novos leitos de UTI e 120 de enfermaria voltados exclusivamente para o tratamento da Covid-19.

Durante o pronunciamento, o gestor chamou atenção para o novo número de leitos que a cidade tem disponíveis para o combate da pandemia. "Já ultrapassamos o número de leitos que tínhamos na primeira onda. Eram 228 leitos. Nesse momento, já temos 236 leitos de UTI, tão escassos e preciosos nesse momento e que vão nos ajudar a enfrentar o momento crítico da pandemia que estamos vivendo", disse o prefeito. Bruno ainda informou que um novo hospital de campanha será montado em Itapuã.

O prefeito, no entanto, chamou atenção que a abertura de novos leitos não significa motivo para relaxar. “Infelizmente os números de ocupação não vão cair. Quando regularmos os pacientes que estão nas UPAS chegaremos a 100% de ocupação de UTI. São leitos que dão mais folga, mas não vão tirar Salvador e a Bahia de um risco iminente de colapso. Se os números continuarem crescendo esses esforços não serão suficientes para resolver esse momento mais crítico da pandemia que vivemos agora”, destacou.

Bruno ainda destacou que a abertura de novos leitos enfrenta limitações. “Preciso reconhecer que temos limitações, de respiradores, e de pessoas que trabalham. Já estamos com dificuldade de montar as equipes”, disse o gestor informando que 30 respiradores já chegaram na cidade e outros 25 foram liberados pelo Ministério da Saúde na tarde de hoje. Por fim, o gestor pediu a colaboração dos soteropolitanos.  “Não adianta só a prefeitura se esforçar se você não fizer o esforço em conjunto, principalmente respeitando as medidas da prefeitura e do governo do estado”

Notícias relacionadas