METROPOLE

Domingo, 09 de maio de 2021

Cidade

Em pedido de liberdade, defesa disse que Cátia Raulino estava em “rigoroso isolamento social”

Desembargadora Ivone Bessa diz que a suposta professora mudou de endereço sem comunicar à Justiça

Em pedido de liberdade, defesa disse que Cátia Raulino estava em “rigoroso isolamento social”

Foto: Reprodução

Por: André Uzêda no dia 22 de abril de 2021 às 12:12

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou o pedido de liberdade para Cátia Regina Raulino, investigada pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público e falsidade ideológica. 

A liminar foi analisada pela desembargadora Ivone Bessa Ramos na última quarta-feira (21). No documento, obtido pelo Metro 1, a magistrada diz que Cátia “mudou de domicílio sem comunicação ao Juízo, tanto foi assim que restou frustrada a medida de busca e apreensão decretada”.

Entre os pontos levantados, a defesa da suposta professora dizia que ela “permanecia em rigoroso isolamento social” e estaria à disposição da Justiça. Cátia foi presa no dia 25 de março em Florianópolis e transferida no dia 31 de março para Salvador.

A Segundo a Secretaria de Segurança Pública, no entanto, entendeu que Cátia teria fugido para Santa Catarina após a Justiça expedir mandado de prisão, a pedido da 9ª Delegacia Territorial da Boca do Rio (9ª DT/Boca do Rio), que investiga o caso.

A desembargadora Ivone Bessa reforçou que “no âmbito processual penal, qualquer alteração de endereço deve ser comunicada, seja ela definitiva ou não”, diz. 

Cátia Raulino é investigada por plagiar artigos acadêmicos de alunas, além de supostamente ter mentido que possuía graduação, mestrado e doutorado na área jurídica. O caso foi denunciado com exclusividade pelo Metro 1.  

Ela atuou como professora e coordenadora de faculdades particulares em Salvador e tinha mais de 180 mil seguidores nas redes sociais, se apresentando como especialista em direito – depois que as denúncias vieram a público, ela deletou a conta. 

 

TV METRO

Entrevistas

Roberto Coelho

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Em pedido de liberdade, defesa disse que Cátia Raulino estava em “rigoroso isolamento social” - Metro 1