Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Cidade

Câmara técnica da Saúde ameaça renúncia coletiva caso Queiroga não recue na suspensão de vacinação em adolescentes

Membros se reuniram e dizem que pretendem entregar os cargos se ministro não mudar de posição em relação ao tema

Câmara técnica da Saúde ameaça renúncia coletiva caso Queiroga não recue na suspensão de vacinação em adolescentes

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 17 de setembro de 2021 às 20:40

Membros da câmara técnica do Plano Nacional de Imunizações se reuniram nesta sexta-feira (17) e exigiram mudança de posição e retratação do Ministério da Saúde em relação à suspensão da vacinação em adolescentes de 12 a 17 anos contra o novo coronavírus.

Eles querem que a pasta diga claramente que a câmara não foi consultada na decisão pela suspensão e que se comprometa a retomar a vacinação dos adolescentes.

Caso não ocorra, eles disseram que pretendem entregar suas posições na câmara. Segundo a Folha de São Paulo, o pleito teve apoio unânime entre os participantes da reunião.

O grupo é composto por professores, especialistas, representantes de sociedades de classe e conselhos de secretários estaduais e municipais de Saúde, e é responsável por subsidiar tecnicamente o ministério em suas decisões. Se o ministério vai tomar decisões sem consultá-los, afirmaram, não faz sentido manter seus nomes associados às medidas tomadas pela pasta.

O ministério foi representado no encontro por Rosana Leite de Melo, secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19, que disse que levaria os recados ao ministro Marcelo Queiroga.

Segundo relatos dos presentes, o encontro foi marcado pelas críticas dos membros da câmara técnica, que Queiroga ignorou ao decidir pela suspensão.

A perfomance de Queiroga ao longo do episódio foi descrita como desastrosa. O ministério foi criticado por suspender a vacinação devido ao óbito de uma adolescente que, ao que tudo indica, não teve qualquer relação com a imunização, por surpreender a câmara técnica com a publicação da nota sobre o tema, e por gerar mensagens equivocadas à população em relação à eficácia da vacinação.

 

Câmara técnica da Saúde ameaça renúncia coletiva caso Queiroga não recue na suspensão de vacinação em adolescentes - Metro 1