Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Cidade

Após série de episódios de violência e mortes, Polícia Civil lança Operação Barra em Paz 

A 14ª DT/Barra está à frente da ação que vai coibir os crimes em um dos principais pontos de lazer de baianos e turistas 

Após série de episódios de violência e mortes, Polícia Civil lança Operação Barra em Paz 

Foto: Divulgação/Ascom-PC

Por: Metro1 no dia 16 de outubro de 2021 às 12:37

Um dia após o assassinato do guardador de carros Maurício Lima Santos, 30 anos, na esquina da Rua Almirante Marques de Leão, próxima ao Farol da Barra, a Polícia Civil lançou, neste sábado (16), a Operação Paz na Barra. De acordo com a PC, para "garantir a segurança de baianos e turistas, além de coibir a ação de criminosos" a ação, coordenada pela 14ª Delegacia, responsável pela cobertura da área, será deflagrada no domingo (17).

A ação contará com o apoio da Polícia Militar, Secretarias Municipais de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Ordem Pública (Semop), além da Guarda Civil Municipal (GCM). A titular da unidade civil, delegada Mariana Ouais, explicou que com base nas características do bairro, na chegada do verão e nos episódios envolvendo grupos criminosos na região, foi traçado um plano de ações integradas. 

“A Polícia Civil está capitaneando essa iniciativa, que vai contar com o reforço no policiamento, ampliação do funcionamento da DT, blitz e abordagens em pontos estratégicos, dentre outras ações”, descreveu a titular. 

“Vamos averiguar a circulação de armas e drogas, além de verificar possíveis mandados de prisão em aberto”, acrescentou Mariana. Uma equipe da Operação Sílere também deve fiscalizar aglomerações e o volume de aparelhos sonoros. O lançamento da Operação acontece no Farol da Barra, a partir das 16h, com a presença das equipes envolvidas. 

Violência e mortes
O guardador de carros Maurício Lima Santos, 30 anos, trabalhava na esquina entre as ruas Dias D'ávila e Almirante Marques de Leão, quando foi surpreendido por uma dupla de moto, que atirou várias vezes. Um dos suspeitos foi preso horas depois, no final do dia, na sexta-feira (15), também na Barra.

Toda a região do bairro tem sido alvo de episódios violentos desde 16 de agosto, quando um casal foi queimado em um incêndio criminoso no local.

Ambos acabaram morrendo após serem socorridos. Já no dia 5 de setembro, um homem foi morto a tiros após um tiroteio em uma das ruas do Porto.

Segundo a Polícia Civil, a vítima, identificada como Rodrigo Cerqueira de Jesus, era conhecida como Tosca e suspeita de tráfico de drogas. O Jornal da Metropole falou sobre o assunto na edição do dia 30 de setembro.

Após série de episódios de violência e mortes, Polícia Civil lança Operação Barra em Paz  - Metro 1