Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Cidade

Prefeitura diz que fazia acolhimento de pessoas em situação de rua no Pela Porco

Gestão municipal explica que o caminhão, cedido pela Limpurb, deu suporte a ação realizada nesta quinta-feira

Prefeitura diz que fazia acolhimento de pessoas em situação de rua no Pela Porco

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 13 de janeiro de 2022 às 19:00

Após denúncia do Movimento Nacional da População de Rua, sessão Bahia, sobre a remoção de pertences de moradores em situação de rua na região do Pela Porco, a prefeitura de Salvador respondeu que fazia o acolhimento da população em vulnerabilidade social, com autorização. 

De acordo com nota, a equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) percorreu a cidade nesta quinta oferecendo acolhimento para a população em situação de rua e, após abordagens sociais na localidade do Pela Porco e em outras regiões da cidade, 14 pessoas em situação de vulnerabilidade foram acolhidas em unidades institucionais.

A gestão municipal explica que o caminhão, cedido pela Limpurb, deu suporte a ação realizada nesta quinta-feira, transportando os resíduos sólidos e retirando materiais das ruas, após autorização dos assistidos.

"A Prefeitura de Salvador disponibiliza um total de 1.080 vagas para acolhimento em unidades situadas estrategicamente em pontos da cidade em que se concentram a população em situação de rua", diz nota. 

De acordo com a denúncia, a ação foi truculenta e simboliza um processo de higienização racial e social. O movimento também afirma que houve participação da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre). "A secretaria é de inclusão ou de exclusão?", diz comunicado nas redes sociais. 

Prefeitura diz que fazia acolhimento de pessoas em situação de rua no Pela Porco - Metro 1