Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 13 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Cidade

/

Justiça determina liberdade provisória ao suspeito de roubar joalheria em shopping

Cidade

Justiça determina liberdade provisória ao suspeito de roubar joalheria em shopping

Câmeras de segurança mostram momento em que homem invade sorveteria ao lado do estabelecimento roubado

Justiça determina liberdade provisória ao suspeito de roubar joalheria em shopping

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 09 de julho de 2024 às 18:12

Atualizado: no dia 09 de julho de 2024 às 19:43

O suspeito de roubar uma joalheria no Shopping Paralela, em Salvador, recebeu liberdade provisória pela Justiça nesta terça-feira (9). O homem foi identificado como Vitor Maxsuel Guimarães Espelho, e foi preso em flagrante no último domingo (7), confessando a prática do crime de furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo.

A decisão considerou que o suspeito não possui registros de antecedentes criminais, além de não ter sido empregada violência ou grave ameaça no cometimento do crime. Conforme a decisão, além dos requisitos, não houve solicitação do Ministério Público ou da Autoridade Policial para conversão da prisão preventiva.

Vitor ainda deverá seguir medidas cautelares da Justiça, incluindo o compromisso de comparecer a todos os atos processuais e manter seu endereço atualizado e não se aproximar mais de 100 (cem) metros do Shopping Paralela.

As câmeras de segurança de uma sorveteria localizada próxima a joalheria mostram o suspeito invadindo o local para agir no estabelecimento vizinho. 

De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito percorreu uma distância de quase 100 metros pelo teto do shopping até chegar ao seu destino. Para isso, ele ficou escondido por cerca de 5h antes de agir. Com o homem, foram encontrados uma quantia no valor de R$ 1,1 mil, três pares de brinco, dois no valor de R$ 600 e outro de R$ 700, e uma aliança de R$ 1.300,00. Vitor foi preso em flagrante e conduzido para a Central de Flagrantes.