Cidade

Prefeitura entrega encosta do Barro Branco no dia do aniversário de Salvador

Há décadas, o período chuvoso era de pesadelo para os moradores da comunidade conhecida como Barro Branco, no Alto do Peru. Os deslizamentos e desabamentos das encostas eram tão graves que acabaram vitimando pessoas na região. Dentre as pessoas que já presenciaram a tragédias está o mecânico aposentado Antônio Oliveira, de 69 anos, nascido na comunidade. Ele perdeu, além da casa, dois parentes: uma sobrinha e um sobrinho neto. [Leia mais...]

[Prefeitura entrega encosta do Barro Branco no dia do aniversário de Salvador]
Foto : Jefferson Peixoto/Secom

Por Metro1 no dia 28 de Março de 2017 ⋅ 17:51

Há décadas, o período chuvoso era de pesadelo para os moradores da comunidade conhecida como Barro Branco, no Alto do Peru. Os deslizamentos e desabamentos das encostas eram tão graves que acabaram vitimando pessoas na região. Dentre as pessoas que já presenciaram a tragédias está o mecânico aposentado Antônio Oliveira, de 69 anos, nascido na comunidade. Ele perdeu, além da casa, dois parentes: uma sobrinha e um sobrinho neto. 

Oliveira aprovou a intervenção feita pela Prefeitura, que inaugura amanhã (29), no dia do aniversário de Salvador, a primeira etapa da obra de contenção da encostado Barro Branco, num investimento de R$8,8 milhões. "Essa obra foi muito importante e bem feita. Vai mudar a vida da gente", disse. O prefeito ACM Neto assina também amanhã ordem de serviço para início imediato das obras da segunda etapa. A localidade vai ganhar ainda um conjunto habitacional para abrigar vítimas das chuvas. 

Realizadas pela Prefeitura sobre a coordenação da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), as obras de contenção da encosta no Barro Branco foram divididas em duas etapas. A primeira, entregue amanhã, engloba a contenção de 1.682m² utilizando a técnica de cortina atirantada, dividida em duas partes: principal e complementar. A cortina principal possui 156m de extensão, 10m de altura e 0,25m de espessura. Já as cortinas complementares possuem um total de 75m de extensão, três metros de altura e 0,25m de espessura. 

A execução da cortina atirantada envolveu escavação, perfuração do solo, introdução dos tirantes e telas metálicas, injeção de calda de cimento, concretagem e protensão (aumento da resistência do concreto) dos tirantes. Ao todo, foram 4.175m de tirantes e 590m³ de concreto. Na área restante, de 4,5 mil m², foi feito o retaludamento e execução de hidrossemeadura para proteção do terreno.

Além disso, foi implantada drenagem com instalação de canaletas na crista e no pé das cortinas, junto com as caixas de drenagem. Sendo assim, toda a água proveniente das chuvas será encaminhada para a rede de drenagem existente na Avenida San Martin, que fica à margem do Barro Branco. 

A segunda etapa, com ordem de serviço a ser assinada também amanhã, é composta por implantação de cortina atirantada em 599m² do lado direito e outros 209m² do lado esquerdo. Também será utilizada a técnica de solo grampeado em cerca de 200m² de encosta. O investimento para esta fase é de R$3,5 milhões.

Notícias relacionadas