Cidade

‘Falta bom senso’, diz Amabarra sobre nova base do Cristo da Barra

Ainda de acordo com o presidente da associação, a obra precisava ser discutida com a população. “Eles precisavam saber se aquela obras era interessante para nós. Temos outras prioridades no bairro. Pedimos, por exemplo, banheiros públicos”, apontou. [Leia mais...]

[‘Falta bom senso’, diz Amabarra sobre nova base do Cristo da Barra ]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Abril de 2018 ⋅ 07:20

Presidente da Amabarra, Waltson Campos afirmou ao Metro1 que “falta bom senso” à Prefeitura de Salvador nas intervenções no bairro. A polêmica da vez é a base do Cristo da Barra, que tem sido comparada a um fusível.

“A gente não pode questionar o gosto, mas falta bom senso, uma vez que tem um monumento que tem referência e você descaracteriza o monumento”, criticou.

Ainda de acordo com o presidente da associação, a obra precisava ser discutida com a população. “Eles precisavam saber se aquela obras era interessante para nós. Temos outras prioridades no bairro. Pedimos, por exemplo, banheiros públicos”, apontou.

A intervenção, ainda de acordo com o presidente da Amabarra, tem “meia acessibilidade”. “Só tem no início. Não chega até o mirante. A pessoa que está em uma cadeira de rodas não consegue chegar até o fim”, apontou.

Recentemente, o Metro1 mostrou que, apesar de a requalificação ser nova, a base do monumento já está danificada. A empresa responsável pela compra e instalação do material, Medeiros Santos Engenharia, já foi punida três vezes por obras de má qualidade.

Notícias relacionadas