Terça-feira, 27 de julho de 2021

Cidade

Exposição sobre homoafetividade é alvo de vândalos em Salvador

Imagens que exibem demonstrações de afeto entre homens foram rasgadas e riscadas

Exposição sobre homoafetividade é alvo de vândalos em Salvador

Foto: Reprodução / Facebook

Por: Juliana Rodrigues no dia 04 de outubro de 2018 às 12:00

Uma exposição fotográfica que exibe demonstrações de afeto entre dois homens foi atacada por vândalos em Salvador. As imagens da mostra "É Só Amor" foram rasgadas e riscadas menos de 24h após a instalação em muros no centro da cidade. Uma delas, que mostra o rosto do idealizador da obra, teve as palavras "Só bala" escritas na testa do artista. 

A exposição, que é um projeto aprovado em edital público com acompanhamento da Fundação Gregório de Mattos, foi instalada entre a noite de segunda (1º) e a madrugada de terça (2).

Nas imagens, o artista Luiz Antônio Sena Jr. beija, abraça e segura a mão de outro homem. Os pontos rasgados pelos vândalos são os locais onde aparecem as trocas de afeto. 

A ação previa a colagem de novas imagens, além de uma intervenção na qual o idealizador jogaria tinta vermelha nos murais, para simbolizar a homofobia. Após a depredação, o processo foi interrompido.

Em entrevista ao G1, Luiz disse que não imaginava o vandalismo e relatou se sentir "ameaçado". Ele contou que ainda não registrou Boletim de Ocorrência e busca auxílio jurídico para saber como proceder. Até lá, as obras vão continuar instaladas.

Exposição sobre homoafetividade é alvo de vândalos em Salvador - Metro 1