Cidade

Táxis especiais serão inspecionados pela prefeitura a partir desta segunda

A expectativa é que sejam vistoriados uma média de 100 veículos por dia

[Táxis especiais serão inspecionados pela prefeitura a partir desta segunda]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 09 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:30

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), através da Coordenadoria de Transportes Especiais (Cotae), inicia nesta segunda-feira (10) a inspeção em cerca de 270 táxis especiais das empresas Comtas e Coometas que são utilizados em Salvador. A vistoria acontece até a próxima sexta-feira (14), na sede do serviço, no Vale dos Barris, em cronograma de atendimento de acordo com o número do alvará de cada veículo.

O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. O valor da inspeção é de R$ 81,79, e aquele que não apresentar o veículo na data marcada pagará multa de R$ 32,95. A expectativa é que sejam vistoriados uma média de 100 veículos por dia.

Durante o procedimento são analisados os requisitos de padronização, como as faixas coloridas laterais, estado de conservação do automóvel, pneus e itens de segurança – como triângulo, chave de roda e estepe – e documentação exigida para que o táxi possa circular na cidade. Além destes procedimentos, o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) também verificará a situação do taxímetro, para garantir que o aparelho esteja de acordo com as normas estabelecidas e, assim, dar mais segurança aos cidadãos.

Para a vistoria ser realizada, é necessário apresentar certificado da última aferição, cartão de identificação, selo GNV, pagamento da contribuição sindical, licenciamento atualizado e licença de veiculação do Engenho de Publicidade em Táxi. Devem levar ainda documentos pessoais como comprovante de residência, carteira de identidade e de habilitação.

Notícias relacionadas

[Ufba fica sem luz após roubo de cabos]
Cidade

Ufba fica sem luz após roubo de cabos

Por Kamille Martinho no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 14:20 em Cidade

Assessoria da universidade afirma que novo material já está sendo providenciado