Cidade

Reitores baianos se reúnem amanhã para tratar dos cortes orçamentários

Novos bloqueios no orçamento da universidade somam mais de R$ 50 milhões de recursos

[Reitores baianos se reúnem amanhã para tratar dos cortes orçamentários]
Foto : Matheus Simoni/ Metropress

Por Kamille Martinho no dia 12 de Maio de 2019 ⋅ 17:30

O reitor da Universidade Federal da Bahia João Carlos Salles se reune amanhã (13) em Salvador, a partir das 8h30 horas, com parlamentares da bancada baiana e reitores das universidades e institutos federais do Estado. A principal pauta do encontro é a decisão do Ministério da Educação (MEC) de cortar 30% da verba destinada às instituições. Os valores bloqueados da UFBA atingem quase 40% do orçamento anual. 

Salles ressalta a gravidade dos cortes em um orçamento que já está combalido por não considerar a expansão da universidade e nem a inflação dos últimos anos. Os novos bloqueios no orçamento da universidade somam mais de R$ 50 milhões de recursos indisponíveis, o que deverá comprometer o fornecimento de serviços básicos e, portanto, o próprio funcionamento da UFBA. 

A Universidade Federal da Bahia está entre as 20 universidades líderes em produção de conhecimento avaliadas pela Capes e é destaque no ranking de avaliação da Times Higher Education (THE), da revista inglesa Times - 10ª brasileira e 30ª da América Latina entre 1.250 universidades de 36 países; e no ranking universitário da Folha de São Paulo - 14ª melhor entre 196 universidades brasileiras em 2018.

Notícias relacionadas