Cidade

Estudantes e professores voltam a protestar contra corte de verbas da Educação

Foram mais de R$ 40 milhões cortados de instituições na Bahia, com mais de 80 bolsas de estudo suspensas

[Estudantes e professores voltam a protestar contra corte de verbas da Educação]
Foto : Maiana Belo/G1 BA

Por Juliana Almirante no dia 30 de Maio de 2019 ⋅ 10:44

Estudantes, professores e trabalhadores da educação voltaram às ruas da região do Campo Grande, em Salvador, na manhã de hoje (30), para protestar contra o bloqueio de verbas em instituições federais de ensino pelo governo Jair Bolsonaro.

O ato de hoje foi convocado pela União Nacional de Estudantes (UNE) e conta com apoio de centrais sindicais, 15 dias após o primeiro ato.

O corte atinge institutos e universidades federais de todo o país. Foram mais de R$ 40 milhões cortados na Bahia, com mais de 80 bolsas de estudo suspensas.

A instituição mais atingida nacionalmente é a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que já anunciou a redução do percentual de recursos para pesquisa e extensão no patamar de 30%, na tentativa de pagar os contratos de pessoal terceirizado, energia e água.

Além da reivindicação dos cortes a instituições federais, também participam do ato de hoje professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), que estão em greve há mais de um mês.

Trânsito

A manifestação de hoje (30) já complica o tráfego na ladeira do Campo Santo, na Avenida Cardeal da Silva, nas ruas Padre Feijó, na João das Botas e Araújo Pinho, no Canela, assim como na avenidas 7 de Setembro e Joana Angélica. 

Notícias relacionadas

[Ufba fica sem luz após roubo de cabos]
Cidade

Ufba fica sem luz após roubo de cabos

Por Kamille Martinho no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 14:20 em Cidade

Assessoria da universidade afirma que novo material já está sendo providenciado