Cidade

Câmara de Salvador aprova projeto que cria Medalha Irmã Dulce

Condecoração será cedida às pessoas físicas, empresas ou instituições do terceiro setor com reconhecido trabalho desenvolvido na área social da capital baiana

[Câmara de Salvador aprova projeto que cria Medalha Irmã Dulce ]
Foto : Antonio Queirós/ CMS

Por Aline Reis no dia 20 de Junho de 2019 ⋅ 13:00

A Câmara de Salvador aprovou ontem (19) o Projeto de Resolução 65/19 que institui a criação da medalha Irmã Dulce no legislativo municipal. De autoria do vereador Joceval Rodrigues (Cidadania) a honraria será concedida às pessoas físicas, empresas ou instituições do terceiro setor com reconhecido trabalho desenvolvido na área social da capital baiana.

“Não haveria outra pessoa para dar nome a essa condecoração senão o da Irmã Dulce. Inegavelmente, ela desenvolveu um enorme e relevante trabalho em prol dos mais precisados de Salvador. Hoje, essa baiana foi reconhecida mundialmente pelas obras que promoveu e nossa Casa Legislativa tem a honra de prestar essa homenagem a essa mulher que foi e ainda é referência para todos nós na área de obras sociais”, justificou Rodrigues.

A superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes, deve ser a primeira homenageada com a nova condecoração concedida pela Câmara. A data da Sessão Solene ainda será definida.

“Os condecorados com essa medalha com certeza terão que ser escolhidos de forma bastante criteriosa dado a grandeza de quem dá o nome a honraria. É um privilégio para essa Casa reconhecer aqueles que desenvolvem relevantes trabalhos na área social em nossa cidade”, comemorou o presidente da casa, Geraldo Júnior. 

Notícias relacionadas