Cidade

Detentos fogem do Hospital de Custódia e Tratamento, na Baixa do Fiscal

Conforme Sinspeb, dois conseguiram fugir e outros três foram impedidos por policiais penais

[Detentos fogem do Hospital de Custódia e Tratamento, na Baixa do Fiscal]
Foto : Reprodução/ Google Street View

Por Juliana Almirante no dia 22 de Janeiro de 2020 ⋅ 11:00

Dois detentos fugiram do Hospital de Custódia e Tratamento (HCT), localizado na Baixa do Fiscal, em Salvador, na última segunda-feira (20), de acordo com o Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sinspeb).

Cristinoval Pereira Costa e Visley Rocha Alves estavam custodiados na Ala D da unidade. Na ocasião, outros três presos tentaram fugir, mas foram capturados por policiais penais que estavam de plantão, conforme o Sinspeb.  

Em nota, o presidente do sindicato, Reivon Pimentel, afirmou que o Hospital de Custódia e Tratamento é uma “unidade antiga, com estrutura obsoleta e com número de policiais penais plantonistas extremamente reduzido”, aquém do recomendado pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP). 

O Sinspeb ainda afirma que um problema que facilita as fugas é “o abandono das guaritas pelos policiais militares que argumentam falta de segurança no local". 

"As guaritas estão desguarnecidas e a responsabilidade da vigilância perimetral cabe à Polícia Militar e não aos policiais penais. Além disso, a falta de monitoramento por câmeras e os muros extremamente baixos são mais fatores que facilitam as recorrentes fugas no HCT", declarou  Pimentel.

Ao Metro1, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) confirmou a fuga e informou que foi comunicada às autoridades competentes. No entanto, não se pronunciou sobre as reclamações sobre a infraestrutura feita pelo sindicato.

*Atualizada às 12h55

Notícias relacionadas