Cidade

Rui diz que nº de prisões aumentou no carnaval deste ano, mas destaca 'ajuste fino' a ser feito

Governador ainda afirmou que a PM-BA busca estabelecer um padrão de atuação, mas considera que há situações que pedem respostas diferentes umas das outras

[Rui diz que nº de prisões aumentou no carnaval deste ano, mas destaca 'ajuste fino' a ser feito]
Foto :Manu Dias/ GOVBA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Fevereiro de 2020 ⋅ 11:47

O governador da Bahia, Rui Costa, afirmou, em entrevista coletiva à imprensa hoje (23), que a Polícia Militar baiana tem efetuado um número maior de apreensões e prisões no Carnaval deste ano. No entanto, pontua que sempre há ajuste fino e ser feito.

"Temos efetuado mais prisões e apreensões, inclusive nos portais e fora dos portais, com câmeras de reconhecimento facial. O número de prisões com mandado de prisão em aberto é superior ao do ano passado. O número de abordagens é maior do que o do ano passado. Mas sempre tem esse ajuste fino a ser feito", disse.

Ele ainda comentou que recebe diferentes mensagens sobre a atuação da Polícia Militar, de que deve ser menos ou mais enérgica. O governador afirma que a corporação busca estabelecer um padrão, mas considera que há situações que pedem respostas diferentes umas das outras.

"Mensagens recebo dos dois lados. De um lado, que a polícia tem que ser enérgica e, de outro lado, que a polícia tem que ser menos enérgica. As opiniões se dividem e as situações são muito diversas. O que a gente busca é um padrão homogêneo de atuação, mas nem sempre é fácil. As situações e as pessoas são diferentes. Nem sempre a gente consegue manter um padrão homogêneo", considera.

Notícias relacionadas