Economia

Setor de serviços recua 2,2% e tem pior julho desde 2011, aponta IBGE

O instituto ainda rebaixou a alta de junho, que caiu de 6,6% para 4,8%

[Setor de serviços recua 2,2% e tem pior julho desde 2011, aponta IBGE]
Foto : Raul Golinelli/GOVBA

Por Marina Hortélio no dia 14 de Setembro de 2018 ⋅ 20:00

A pesquisa de desempenho do setor de serviços divulgada hoje (14) pelo IBGE aponta que o volume do setor terciário prestado no Brasil caiu 2,2% em julho na comparação com junho. É o pior resultado para o mês desde 2011, quando a série histórica do levantamento foi iniciada.

A fraqueza do setor é reforçada pelo resultado. Desde a greve dos caminhoneiros, os serviços têm apresentado grande volatilidade (caiu 3,4% em maio e cresceu 4,8% em junho) e inicia o terceiro trimestre em queda, com um acumulado anual de uma retração de 0,8% e, em 12 meses, queda de 1%.

O IBGE ainda revisou o resultado de junho, que deixou de ser o melhor para o período como o instituto havia informado. Em vez de ter avançado 6,6% na comparação com maio, a alta foi de 4,8%.

Notícias relacionadas