Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Editorial

'O Brasil tá quebrado? E Paulo Guedes diz o quê disso?', questiona MK; ouça

Em comentário na Rádio Metrópole, Mário Kertész ainda desejou melhoras ao infectologista Roberto Badaró, diagnosticado com Covid-19

['O Brasil tá quebrado? E Paulo Guedes diz o quê disso?', questiona MK; ouça]
Foto : Matheus Simoni / Metropress

Por Metro1 no dia 06 de Janeiro de 2021 ⋅ 09:10

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (6), Mário Kertész lamentou o atentado ocorrido ontem (5) na praia de Jaguaribe, em Salvador, que deixou três pessoas mortas, e relacionou o aumento da violência no país à política do presidente Jair Bolsonaro. Ele ainda fez duras críticas à declaração do chefe do Executivo nacional, que avaliou que o país está "quebrado" por culpa do coronavírus e da mídia.

"Veja o que aconteceu ontem na praia de Jaguaribe. É inacreditável, são os tempos em que nós estamos vivendo. Dizem que uma facção foi lá executar um jovem que estava lá e de repente começou a atirar a esmo e matou três pessoas. Infelizmente a violência está aumentando. Mas num país em que o presidente da República, além de tudo, incentiva o armamento e acha que essa é a forma de ter a democracia... Ontem ele acabou dizendo coisas incríveis, que o Brasil tá quebrado por causa da Covid e da imprensa. Inacreditável! Ele é a cópia fiel de Donald Trump. (...) O Brasil tá quebrado? E Paulo Guedes diz o quê disso? Isso é um bom chamariz para investidores estrangeiros? O Brasil está quebrado, com uma pandemia sem controle, não tem nem ideia da vacinação, a economia no chão, o povo na miséria, acabou com o auxílio emergencial... E a culpa é do coronavírus e da mídia. A mídia! A mídia é presidente do Brasil? A mídia escolheu os ministros? Paulo Guedes, o que é que você vai dizer para nós, brasileiros? Você concorda com o presidente ao qual você é subserviente?", questionou.

MK ainda desejou melhoras ao infectologista Roberto Badaró, que foi diagnosticado ontem (6) com Covid-19. Colaborador assíduo da Rádio Metrópole, Badaró também é diretor do Hospital Espanhol, unidade especializada em pacientes da doença durante a pandemia. "É evidente que ele, com o trabalho dele, atendendo as pessoas, dirigindo o Hospital Espanhol, com a dedicação que lhe é peculiar, ele se arriscou e ele sabia que estava se arriscando. Faz parte, inclusive, dessa qualidade dos profissionais de saúde. Coragem, determinação, vontade de servir. Rendo minhas homenagens e meus desejos mais sinceros de recuperação rápida ao grande médico, cientista e meu querido amigo, para que ele volte à labuta e volte a nos inspirar como fez aqui esse tempo todo da pandemia, na maioria das vezes diariamente, esclarecendo, divulgando informações, tirando dúvidas, com calma, aquela voz dele que acalma e tranquiliza", disse.

Ouça o comentário completo:

Notícias relacionadas