METROPOLE

Quinta-feira, 06 de maio de 2021

Editorial

MK lamenta colapso da saúde em Manaus e critica 'logística avacalhada' do governo federal; ouça

Em comentário na Rádio Metrópole, Mário Kertész ainda ironizou o fato de que China e Venezuela vão fornecer ao Brasil insumos para o combate à pandemia

MK lamenta colapso da saúde em Manaus e critica 'logística avacalhada' do governo federal; ouça

Foto: Matheus Simoni / Metropress

Por: Metro1 no dia 15 de janeiro de 2021 às 08:49

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (15), Mário Kertész lamentou o colapso da saúde em Manaus (AM) devido à Covid-19 e ironizou o fato de que China e Venezuela, países criticados pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, vão fornecer ao Brasil insumos para o combate à pandemia.

"Você veja essa coisa do Amazonas, é inacreditável que esteja acontecendo. E está, o pior é que está acontecendo. Temos que assistir as pessoas morrendo por falta de ar, de oxigênio! Um infectologista lá de Manaus disse que a explosão de casos é por causa da nova cepa. É aquela que foi avisada pela Inglaterra, que não é mais mortal, mas o contágio dela é muito maior. E é isso que a gente está vendo, o número de casos lá, e isso vai se espalhar pelo Brasil todo. (...) Primeiro, vamos ter que usar 'vacina comunista' da China. Agora, quem é que vai fornecer oxigênio pro Amazonas? A Venezuela, tão combatida pelo governo Bolsonaro. Também acho aquele governo de lá um horror, uma ditadura boba, corrupta, não apoio em nada. (...) Mas vai fornecer oxigênio. Aí você diz 'não, deixa morrer pra não cheirar ar comunista'?", pontuou.

MK ainda criticou a logística do Ministério da Saúde quanto ao transporte de vacinas vindas da Índia. Uma aeronave brasileira está pronta para buscar o imunizante de Oxford, mas o porta-voz do país asiático afirmou que "ainda é cedo" para exportar a substância, o que pode atrasar o cronograma de vacinação divulgado ontem (14) pelo governo. "O Brasil tá com um avião pronto pra buscar vacinas na Índia, mas o que acontece? A Índia diz que ainda é cedo. O que é isso? Que logística avacalhada é essa? Não entendo. Toda hora, além da queda a gente leva um coice. (...) Com essa trancada aí que a Índia deu, vamos ter vacina para que o dia D e a hora H sejam quarta-feira, 10h?", questionou.

Ouça o comentário completo:

TV METRO

Entrevistas

Jessé Souza

Em 05 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
MK lamenta colapso da saúde em Manaus e critica 'logística avacalhada' do governo federal; ouça - Metro 1