Editorial

MK lamenta escalada da Covid-19 no país e cobra investigação sobre respiradores; ouça

"Cada morte dessa deve doer no coração da gente, porque é nossa", disse Mário Kertész

[MK lamenta escalada da Covid-19 no país e cobra investigação sobre respiradores; ouça]
Foto : Matheus Simoni / Metropress

Por Metro1 no dia 16 de Junho de 2020 ⋅ 09:04

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (16), Mário Kertész voltou a lamentar o alto número de mortes por Covid-19 no Brasil e ressaltou que o governo federal tem responsabilidade pela escalada da doença ao não tomar atitudes eficazes.

"O meu receio, confesso a vocês, é de que isso passe batido pra gente, como se fosse uma coisa que não dói. Cada morte dessa deve doer no coração da gente, porque é nossa. A de sua família, do seu primo, de sua mãe, de sua vó, sua tia, pode ser a nossa. Deus queira que não. Eu não desejo isso pra ninguém, mas é o risco que nós estamos correndo por conta deste absurdo que esse governo federal provoca aqui no país. 'E daí, não sou coveiro', e tenta jogar a culpa em governadores e prefeitos. Eu pergunto a você, se [o governador da Bahia] Rui Costa e [o prefeito de Salvador] ACM Neto não estivessem trabalhando juntos, ia ser uma bagaceira já aqui na Bahia", afirmou.

MK ainda voltou a cobrar a retomada das investigações sobre a compra de respiradores mecânicos feita pelo Consórcio Nordeste.

"Até quando aquele caso dos respiradores comprados pelo Consórcio Nordeste vai ficar sem nenhuma investigação? Tá tudo parado! Responsáveis foram presos e foram soltos. Uma parte do dinheiro foi parar até no exterior, uma cara de pau! (...) E ninguém está investigando. Tudo parado, Ministério Público do Estado, Federal, tudo parado, então como é que fica? Todo mundo é suspeito, não é? Não é agradável isso, não é bom? Governador, secretário, todo mundo que participou fica sob suspeição, e os adversários, é claro, ficam dizendo 'olha, tá vendo aí, tem mamata, tem ladrão'. Se tiver, tem que descobrir quem é e prender. Cadeia, não tem conversa. Agora, tem que descobrir. Não pode ficar nessa conversa mole. Não pode ficar por isso mesmo", pontuou.

Ouça o comentário completo:

Notícias relacionadas