Esportes

Bobô comenta possibilidade de ser presidente do Bahia: "Posso ser útil"

Deputado estadual pelo PCdoB e ex-jogador do Bahia na década de 80 e no fim dos anos 90, Raimundo Nonato Tavares da Silva, o Bobô, falou sobre a possibilidade de ser presidente do Esquadrão de Aço. Em entrevista ao Jornal da Cidade 2ª Edição da Rádio Metrópole desta segunda-feira (16), o ex-atleta disse que já pensou em ser comandante do clube e que pode "ser mais útil" ao tricolor. [Leia mais...]

[Bobô comenta possibilidade de ser presidente do Bahia:
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 16 de Outubro de 2017 ⋅ 18:50

Deputado estadual pelo PCdoB e ex-jogador do Bahia na década de 80 e no fim dos anos 90, Raimundo Nonato Tavares da Silva, o Bobô, falou sobre a possibilidade de ser presidente do Esquadrão de Aço. Em entrevista ao Jornal da Cidade 2ª Edição da Rádio Metrópole desta segunda-feira (16), o ex-atleta disse que já pensou em ser comandante do clube e que pode "ser mais útil" ao tricolor.

"Acho que posso ser mais útil ao Bahia do que fui como atleta, prestar serviço ao clube. Eu acho que eu erraria menos que os caras aí. Tem que pensar o Bahia como um clube de futebol. O clube ficou mais robusto financeiramente, mas errou muito nos últimos três anos. Contratações caras, que se transformaram em infelizes. Acho que pela experiência de campo eu erraria menos e gastaria menos do que foi gasto ate agora", declarou.

Bobô também fez uma avaliação sobre a gestão do atual presidente do clube, Marcelo SantʹAna, e afirmou que ele deve se candidatar à reeleição no pleito marcado para o fim do ano. "Acho que é até candidato à reeleição, acho que ele está esperando um pouco a performance do Bahia, é questão de torcedor. O Bahia deu uma respirada agora, se ele lançasse agora talvez seria até ruim, mas agora ele pode até manter o nome dele aí", disse o tricolor.

Leia mais

>>> Bobô critica adoção de torcida única em estádios baianos: "Absurdo"

>>> Bobô fala sobre descoberta de Daniel Alves no Bahia: "Espetacular"

>>> Bobô compara trabalho no futebol e na política: "Às vezes decepcionante"

 

Notícias relacionadas