Esportes

Membros do Vitória serão julgados por confusão após derrota para o Internacional

O Leão da Barra foi prejudicado pela arbitragem após a marcação de um pênalti inexistente pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio

[Membros do Vitória serão julgados por confusão após derrota para o Internacional]
Foto : Ricardo Duarte/Inter

Por Matheus Simoni no dia 17 de Outubro de 2018 ⋅ 14:20

Três membros do Vitória serão julgados na sexta-feira (19) por uma confusão ocorrida após a derrota do time rubro-negro para o Internacional, por 2 a 1, pela Série A do Brasileirão. O Leão da Barra foi prejudicado pela arbitragem após a marcação de um pênalti inexistente pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio. 

O atacante Neilton, o auxiliar Rodrigo Carpegiani e o diretor de futebol Jorge Machado foram denunciados pela promotoria, que encaminhou o caso para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O atleta foi denunciado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que traz a pena para o jogador que “ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto”. Na súmula, o árbitro relatou que ouviu xingamentos do atacante, entre eles “safado”, “ladrão” e “covarde”. A multa pode chegar a R$ 100 mil, além de suspensão de, no máximo, seis partidas. 

Já o dirigente e o auxiliar técnico foram denunciados no mesmo artigo. Para o auxiliar do treinador rubro-negro, a pena prevista é a mesma a que está sujeito Neilton. Para o diretor de futebol, a pena é a suspensão por um período de 15 a 90 dias.

Notícias relacionadas

[Revelação do Bahia desperta interesse do Milan]
Esportes

Revelação do Bahia desperta interesse do Milan

Por Matheus Simoni no dia 22 de Março de 2019 ⋅ 08:42 em Esportes

Ontem (21), Ramires foi autor de um dos gols na vitória tricolor sobre o Atlético de Alagoinhas, por 3 a 0, na semifinal do Baianão