Esportes

Comissão eleitoral defere chapas inscritas para eleição no Vitória

Cinco candidatos vão disputar a presidência do clube no pleito do dia 24 de abril

[Comissão eleitoral defere chapas inscritas para eleição no Vitória]
Foto : Divulgação/ECV/Maurícia da Matta

Por Matheus Simoni no dia 11 de Abril de 2019 ⋅ 13:00

A Comissão Eleitoral do Vitória deferiu a candidatura das cinco chapas inscritas para a eleição presidencial do clube, marcada para o dia 24 de abril. Encerrado o prazo para a inscrição na tarde de ontem (10), às 14h, o colegiado definiu os nomes que vão disputar o pleito para o conselho diretor do rubro-negro.

A comissão destacou que a candidatura de Paulo Carneiro à presidência pela chapa "Vitória Gigante Unido e Forte" não apresenta condição de elegibilidade disposta no Art. 16, III do estatuto social, que aponta a necessidade do candidato ser sócio por 36 meses consecutivos. No entanto, ela foi deferida “conforme decisão judicial, em caráter de tutela provisória”.

Já a candidatura de Herval Jodson Silva Rêgo, candidato a vice-presidente na chapa “Vitória, Uma História de Amor e Paixão”, encabeçada por Isaura Maria, não teve o mesmo destino e foi indeferida com base no mesmo artigo.

Confira os nomes:

- "Vitória Gigante Unido e Forte": Paulo Carneiro (presidente) e Luiz Henrique (vice-presidente); Fábio Mota (presidente do Conselho Deliberativo) Antônio Carlos 'Cacau' (vice-presidente); Jailson Reis (presidente do Conselho Fiscal) e Cesar Marianetti (vice-presidente)

-  "Vitória Gigante":  Walter Seijo (presidente) e Robero Watt (vice-presidente)

-  "Vitória, uma História de Amor e Paixão": Isaura Maria (presidente) e Herval Jodson Silva Rêgo (vice-presidente), ainda indeferido

- "100% Vitória": Raimundo Viana (presidente) e Marcus Sarmento (vice-presidente);  Nilton Almeida (presidente do Conselho Deliberativo) serão e Djalma Abreu (vice-presidente); Marcelo Brito (presidente do Conselho Fiscal) e Cristiano jatobá (vice-presidente)

- "Vitoria Campeão Nacional 2020": Gilson Presídio (presidente) e Jânio Ferraz (vice-presidente)

Há o prazo para impugnações e contestações das chapas, com prazo final previsto para o dia 16 de abril. A eleição acontece no dia 24 de abril, no Barradão. Em caso de segundo turno, a data prevista é o dia 1º de maio. 

Notícias relacionadas