Esportes

Presidente do Atlético-MG diz que vai pedir banimento do Flamengo do Brasileirão por tentar adiar jogo

Sem sucesso, Urubu entrou com pedido para postergar partida contra o Palmeiras porque parte de seu elenco está com coronavírus

[Presidente do Atlético-MG diz que vai pedir banimento do Flamengo do Brasileirão por tentar adiar jogo]
Foto : Divulgação/Atlético-MG

Por Lara Curcino no dia 28 de Setembro de 2020 ⋅ 07:20

Após o Flamengo tentar adiar a todo custo jogo contra o Palmeiras por causa de infecções por coronavírus no elenco, o presidente do Atlético-MG, Sergio Sette Câmara, afirmou que o clube vai pedir o banimento do Urubu do Campeonato Brasileiro.

A partida acabou acontecendo ontem (27), em razão de uma liminar do Tribunal Superior do Trabalho (TST), e terminou em empate de 1 a 1. O Flamengo precisou utilizar atletas da sua base para completar o time, já que jogadores importantes, como Rodrigo Caio, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, não puderam entrar em campo. 

"A lei vale para todos. O Flamengo se utilizou da Justiça comum para descumprir o protocolo da CBF e desrespeitar todos os outros 19 clubes da Série A, em mais um exemplo de soberba. Isso é passível de banimento. Tem de ser rebaixado automaticamente. O Atlético-MG vai entrar com um pedido à Procuradoria do STJD para a exclusão do Flamengo do Brasileiro. Deve ser realmente banido do campeonato", declarou Sette Câmara, em entrevista ao site Terra.

Notícias relacionadas