Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 20 de abril de 2024

Home

/

Notícias

/

Internacional

/

Ron DeSantis anuncia desistência em campanha presidencial dos EUA e declara apoio a Trump

Internacional

Ron DeSantis anuncia desistência em campanha presidencial dos EUA e declara apoio a Trump

DeSantis era um dos principais candidatos a disputar a campanha presidencial pelo Partido Republicano

Ron DeSantis anuncia desistência em campanha presidencial dos EUA e declara apoio a Trump

Foto: Reprodução/CNN

Por: Metro1 no dia 21 de janeiro de 2024 às 18:53

Governador do estado norte-americano da Flórida, Ron DeSantis anunciou, neste domingo (21), que desistiu da campanha pela Presidência dos Estados Unidos (EUA) e declarou apoio a Donald Trump.

DeSantis era um dos principais candidatos a disputar a campanha presidencial pelo Partido Republicano. Ele estava atrás apenas de Trump. Sua decisão, no entanto, veio após o resultado das primárias de Iowa na última segunda-feira (15), onde apareceu atrás do ex-presidente com 30 pontos percentuais de diferença.

“Se existisse qualquer coisa que eu pudesse fazer para produzir um resultado favorável, mais paradas de campanha, mais entrevistas, eu faria. Mas não posso pedir aos nossos apoiadores a oferecerem seu tempo e doarem seus recursos se não temos um caminho claro para a vitória. Dessa forma, estou hoje suspendendo minha campanha”, disse comunicado divulgado na rede social X (antigo Twitter).

Na próxima terça-feira (23), ocorrem  as primárias de New Hampshire. Trump vai disputar eleitorado republicano com Nikki Haley, ex-embaixadora da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Está claro para mim que a maioria dos eleitores das primárias republicanas querem dar a Donald Trump outra chance. Eles viram sua presidência ser frustrada por resistência implacável, e eles veem os democratas usando guerra jurídica até hoje para atacá-lo. Tive desentendimentos com Donald Trump, como sobre a pandemia de coronavírus e sua elevação de Anthony Fauci, [mas] Trump é superior ao atual titular, Joe Biden”, disse DeSantis.