Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Gilmar Mendes suspende inquérito contra desembargador que humilhou guardas em Santos

Decisão, tomada na última quinta (14), atende a um pedido da defesa do desembargador

[Gilmar Mendes suspende inquérito contra desembargador que humilhou guardas em Santos]
Foto : Divulgação

Por Luciana Freire no dia 19 de Janeiro de 2021 ⋅ 20:30

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou suspender o inquérito que apura se o desembargador Eduardo Siqueira, do Tribunal de Justiça de São Paulo, cometeu abuso de autoridade ao humilhar guardas municipais de Santos (SP) após ser multado por andar sem máscara de proteção facial na praia.

A decisão, tomada na última quinta (14), atende a um pedido da defesa do desembargador.

Ao Supremo, os advogados alegaram que não foram ouvidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), responsável por autorizar a abertura da investigação, antes do julgamento que determinou a instauração do inquérito – o que, em última instância, configuraria violação aos princípios constitucionais da ampla defesa e do contraditório.

Na avaliação do ministro, em uma análise preliminar, a argumentação da defesa pareceu procedente.

Leia mais:

Desembargador de SP humilha guarda após ser multado na praia: ‘Analfabeto’

Notícias relacionadas