Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Justiça

/

Regulação da IA precisa proteger direitos fundamentais, diz Barroso

Justiça

Regulação da IA precisa proteger direitos fundamentais, diz Barroso

Declaração foi feita durante a Aula Magna da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj)

Regulação da IA precisa proteger direitos fundamentais, diz Barroso

Foto: Carlos Moura / SCO / STF

Por: Metro1 no dia 13 de abril de 2024 às 11:30

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, defendeu, nesta sexta-feira (12), a regulamentação da Inteligência Artificial (IA) baseada na proteção de direitos fundamentais. 

A declaração foi durante a Aula Magna da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj).

Barroso disse que a regulação da Inteligência Artificial precisa estar voltada para direitos constitucionais como privacidade, liberdade cognitiva e liberdade de expressão. 

"Precisa proteger a democracia, combatendo a desinformação, o discurso do ódio e o esforço a subalternizar os grupos mais vulneráveis, e os ataques à democracia, tornando as informações minimamente transparentes e inteligíveis às pessoas”, destacou. As informações são da Agência Brasil.