Justiça

Justiça mantém anulação e novo julgamento para Massacre de Carandiru

A decisão foi tomada hoje pela 4ª Câmara Criminal do TJ

[Justiça mantém anulação e novo julgamento para Massacre de Carandiru]
Foto : Divulgação/Sérgio Andrade/ Prefeitura São Paulo

Por Lara Ferreira no dia 27 de Novembro de 2018 ⋅ 16:40

A Justiça de São Paulo manteve a anulação do Massacre de Carandiru e a remarcação de novo júri após julgamento dos embargos de infringentes e de nulidade do processo, que aconteceu hoje (27). A decisão foi tomada por 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ), quando quatro dos cinco desembargadores concordaram com a medida. 

Os embargos foram movidos pela defesa dos policiais, que contestou a escolha do judiciário paulista de anular as condenações e demandar novo júri, ainda sem data para ocorrer.

Ao todo, 74 policiais militares foram condenados entre 2013 e 2014 a penas que de 48 a 624 anos de prisão em regime fechado, mas nenhum dos envolvidos chegou a ir para a cadeia. O Massacre de Carandiru ocorreu no dia 2 de outubro de 1992 e resultou na morte de 111 detentos, mas nenhum policial ferido gravemente.

Notícias relacionadas