Justiça

MP-BA oferece acordo a Pastor Isidório em caso Daniela Mercury

O deputado será intimado por um oficial de justiça para informar se aceita as condições ou se prefere que a ação penal prossiga rumo à sentença

[MP-BA oferece acordo a Pastor Isidório em caso Daniela Mercury]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Clara Rellstab no dia 27 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:30

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) propôs acordo ao deputado federal Pastor Isidório (Avante), acerca da queixa-crime por ofensas homofóbicas, movida pela cantora Daniela Mercury.

Segundo assessoria da artista, a promotora de Justiça estabeleceu, atendendo a pedido do advogado dela, Ricardo Sidi, algumas condições.

São elas: Isidório deve pedir desculpas públicas, esclarecendo que ela jamais ofendeu o povo cristão ou qualquer símbolo sagrado, e que doe 20% dos cinco primeiros salários que vier a receber como deputado federal em favor de duas entidades filantrópicas.

O deputado será intimado por um oficial de justiça para informar se aceita as condições ou se prefere que a ação penal prossiga rumo à sentença.

Notícias relacionadas