Justiça

STJ concede liberdade a funcionários e engenheiros presos por rompimento de barragem

De acordo com investigadores, os profissionais participaram de forma direta e atestaram a segurança da barragem número 1 da Mina do Feijão

[STJ concede liberdade a funcionários e engenheiros presos por rompimento de barragem]
Foto : Divulgação/Vale

Por Clara Rellstab no dia 05 de Fevereiro de 2019 ⋅ 13:40

A sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu hoje (5), por unanimidade, liberdade para três funcionários da Vale e dois engenheiros da empresa TÜV SÜD que prestavam serviço para a mineradora.

Segundo o site G1, eles haviam sido presos após o rompimento da barragem da Brumadinho. As prisões, realizadas em 29 de janeiro, eram temporárias. 

De acordo com investigadores, os profissionais participaram de forma direta e atestaram a segurança da barragem número 1 da Mina do Feijão, que rompeu no dia 25 de janeiro.

Notícias relacionadas