Justiça

Ao cobrar investigação de vazamento, Gilmar Mendes diz que Receita agiu com 'pistolagem'

Ministro do STF questionou autoria do vazamento à equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes

[Ao cobrar investigação de vazamento, Gilmar Mendes diz que Receita agiu com 'pistolagem']
Foto : Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 15 de Abril de 2019 ⋅ 11:00

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, voltou a cobrar a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, para seja revelada a autoria e a motivação do vazamento de seus dados fiscais, em fevereiro. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, da Folha.

Na cobrança à equipe de Guedes, ele disse que a Receita Federal teve um papel de “órgão de pistolagem”.

A explicação inicial de que o vazamento foi involuntário, porque os dados foram repassados a uma empresa privada por engano, não foram suficientes para Mendes.

Ele acredita que as justificativas são “historietas” para encobrir as reais motivações do vazamento.

Notícias relacionadas