Justiça

Advogado criminalista diz que impeachment de Bolsonaro é 'uma hipótese razoável'

Kakay lembra que presidente descumpriu a recomendação do Ministério da Saúde para que ficasse em isolamento

[Advogado criminalista diz que impeachment de Bolsonaro é 'uma hipótese razoável']
Foto : Reprodução/ Youtube/ Blog de Kennedy

Por Juliana Almirante no dia 20 de Março de 2020 ⋅ 08:48

O advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como "Kakay", declarou hoje (20), em entrevista à Rádio Metrópole, que avalia que o impeachment do presidente da República, Jair Bosonaro, é uma hipótese "razoável", diante da maneira que o mandatário lida com a crise do coronavírus.

"Acho que nós temos que nos indignar. Porque eu sempre fui contrário à vulgarização de um instituto tão sério. Escrevi na Folha, há um tempo atras, que embora ele (Bolsonaro) seja fraco, não seria caso de impeachment, porque não podemos imaginar que podemos usar impeachment para tirar incompetentes. Um pais não pode ter três impeachments em 20 e poucos anos. Mas o impeachment passa a ser, neste momento, uma hipótese razoável. Porque não podemos deixar o país à deriva", ponderou o criminalista.

Kakay escreveu, em artigo publicado no Estadão, que o presidente é um "inimputável oportunista". O advogado lembra que Bolsonaro descumpriu a recomendação do Ministério da Saúde para que ficasse em isolamento, depois de viajar aos EUA. Vinte e duas pessoas da comitiva presidencial já foram diagnosticadas com o coronavírus

"Como ele é presidente da República, está cometendo crime de responsabilidade. Ele fala: se eu me infectar, o problema é meu. Ele está errado.  Não é problema dele, é de saúde pública. Eu estou em casa, não só pela minha saúde, mas, se eu sair, posso infectar outras pessoas. Isso não é um problema dele, quando diz que pode ir ao encontro do povo. Ele está expondo as pessoas", disse.
 

Notícias relacionadas