Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Excedente de vacinas dos Estados Unidos será dividido com outros países

Informação foi divulgada pelo presidente americano Joe Biden

[Excedente de vacinas dos Estados Unidos será dividido com outros países ]
Foto : Chip Somodevilla/Getty Images

Por Gabriel Amorim no dia 10 de Março de 2021 ⋅ 18:50

 

O presidente americano, Joe Biden, afirmou na tarde de hoje (10) que os Estados Unidos vai comprar mais 100 milhões de doses da vacina da Johnson & Johnson. O presidente ainda avisou que vai compartilhar um eventual excedente com o resto do mundo.

“Estou fazendo isso porque neste esforço de guerra precisamos de flexibilidade máxima”, disse Biden à imprensa, reiterando a meta de ter vacinas para todos os americanos adultos até maio. “Muita coisa pode acontecer, muita coisa pode mudar, e precisamos estar preparados”.

O presidente americano ainda comentou a razão pela qual decidiu realizar a  eventual divisão. “Isto [o vírus] não é algo que dá para parar com uma cerca, não importa a altura da cerca ou do muro. Então não poderemos ter segurança até que o mundo esteja seguro”, disse Biden, que afirmou que fará a divisão através da COVAX, consórcio de vacinas coordenado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Notícias relacionadas