Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Ex-presidente boliviana Jeanine Áñez é presa na madrugada deste sábado

Além de Áñez, o ex-ministro da Energia, Rodrigo Guzmán, já foi preso em Trinidad; outros quatro ex-ministros, estão sendo procurados pelo MP

[Ex-presidente boliviana Jeanine Áñez é presa na madrugada deste sábado]
Foto : Getty Images

Por Danielle Campos no dia 13 de Março de 2021 ⋅ 08:34


O Ministério Público boliviano ordenou a prisão da ex-presidente Jeanine Áñez e cinco de seus ex-ministros. Áñez foi detida na madrugada deste sábado (13), de acordo com publicação feita pelo ministro de governo, Carlos Eduardo del Castillo. O grupo é investigado por envolvimento na derrubada do governo de Evo Morales em 2019.

“Informo ao povo boliviano que a senhora Jeanine Áñez já foi detida e está atualmente nas mãos da polícia”, disse o ministro em suas contas no Twitter e no Facebook, utilizando a hashtag "#justicia".

Além de Jeanine Áñez, o ex-ministro da Energia, Rodrigo Guzmán, já foi preso em Trinidad. Os outros ministros, que ainda estão sendo mapeados pelo MP, são Arturo Murillo, Yerko Núñez, Luis Fernando López e Álvaro Coimbra. A ordem de prisão inclui ainda ex-membros do alto comando militar boliviano em 2019.

A acusação, de acordo com o jornal local "La Razón", inclui terrorismo, traição e conspiração. 
 

Notícias relacionadas