Mundo

Após ataque à Síria, especialista diz que 'Trump quer se afirmar como presidente'

Nesta sexta-feira (7), o jornalista e integrante do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional (Gacint) da USP, Jaime Spitzkovsky, em entrevista à Mário Kertész, na Rádio Metrópole, comentou o ataque dos Estados Unidos (EUA) à base aérea da Síria, na noite da última quinta (6). [Leia mais...]

[Após ataque à Síria, especialista diz que 'Trump quer se afirmar como presidente']
Foto : Agência Brasil

Por Yasmin Garrido e Matheus Morais no dia 07 de Abril de 2017 ⋅ 08:50

Nesta sexta-feira (7), o jornalista e integrante do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional (Gacint) da USP, Jaime Spitzkovsky, em entrevista à Mário Kertész, na Rádio Metrópole, comentou o ataque dos Estados Unidos (EUA) à base aérea da Síria, na noite da última quinta (6). 'Trump quer passar um recado claro para os ditadores, sejam eles da Síria, da Coreia do Norte ou de qualquer parte do mundo', declarou.

De acordo com ele, 'os EUA não tinham alternativa, pois, para o país, quando um ditador usa armas químicas, é necessário agir'. O jornalista, que já foi correspondente da Folha de S. Paulo em Moscou e Pequim, ainda afirmou que há uma diferença 'básica' entre os governos de Barack Obama e de Donald Trump. 'Enquanto o democrata foi eleito para diminuir o envolvimento militar dos EUA, o republicano tem a necessidade de se afirmar como presidente e, apésar da pouca experiência, age de forma rápida', disse.

Notícias relacionadas