Mundo

EUA podem excluir Brasil de taxa de aço

O Representante do Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, informou hoje que o governo americano não vai cobrar as novas taxas de importação do aço e do alumínio do Brasil. Ainda segundo o Lighthizer, a União Europeia, a Coreia do Sul, a Argentina e a Austrália também ficarão de fora da cobrança. [Leia mais...]

[EUA podem excluir Brasil de taxa de aço]
Foto : Oleksiy Mark/Shutterstock

Por Marina Hortélio no dia 22 de Março de 2018 ⋅ 16:41

O representante do Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, informou hoje que o governo americano não vai cobrar as novas taxas de importação do aço e do alumínio do Brasil. Ainda segundo o americano, a União Europeia, a Coreia do Sul, a Argentina e a Austrália também ficarão de fora da cobrança.

O governo brasileiro já negociava a aplicação das sobretaxas. O presidente Michel temer informou ontem (21), durante discurso de abertura da 47ª Reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que a medida não seria aplicada até o final das discussões.

Segundo o G1, Lighthizer também explicou que a imposição da taxa foi pausada durante as negociações e que o presidente americano, Donald Trump, entende que alguns países merecem ser excluídos da cobrança.

Ainda segundo o site, caso a decisão se concretize, os quatros maiores exportadores de aço para os EUA vão ficar isentos da sobretaxa. A medida protecionista entrará em vigor amanhã (23).

Notícias relacionadas