Mundo

China exige que EUA apresentem provas em caso de espionagem econômica

A acusação alega que uma estatal chinesa, uma empresa privada taiwanesa e três executivos da companhia do Taiwan conspiraram para roubar segredos comerciais da americana Micron Technology

[China exige que EUA apresentem provas em caso de espionagem econômica]
Foto : Lu Kang | Reprodução/Arquivo/AFP/Getty Images

Por Marina Hortélio no dia 02 de Novembro de 2018 ⋅ 18:00

Acusada pela justiça americana de espionagem econômica, a China desafiou hoje (2) os EUA a apresentarem provas do envolvimento de Pequim em um caso de roubo de segredos comerciais de um fabricante americano de semicondutores por empresas chinesas e taiwanesas.

Em entrevista coletiva, o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Lu Kang, afirmou que "se o governo dos Estados Unidos está realmente preocupado, deveria apresentar provas concretas".

Apresentada no tribunal distrital de San Jose, na Califórnia, a acusação é de que a estatal chinesa Fujian Jinhua Integrated Circuit e a empresa privada taiwanesa United Microelectronics Corporation (UMC), bem como três executivos da companhia do Taiwan, conspiraram para roubar segredos comerciais da empresa americana, Micron Technology.

Notícias relacionadas