Mundo

EUA oferecem alívio de sanções para quem apoiar Guaidó

O assessor de segurança nacional dos EUA publicou o comunicado no Twitter

[EUA oferecem alívio de sanções para quem apoiar Guaidó]
Foto : Gage Skidmore

Por Kamille Martinho no dia 30 de Abril de 2019 ⋅ 17:19

Os Estados Unidos passaram a oferecer o alívio de sanções econômicas e diplomáticas impostas a aliados do regime de Nicolás Maduro se houver uma adesão ao movimento iniciado pelo autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó. Isso inclui sanções impostas à petrolífera venezuelana PDVSA, que teve ativos bloqueados.

O Departamento do Tesouro americano divulgou hoje (30) uma nota na qual os EUA alegam que “o caminho para alívio de sanções individuais e de entidades ligadas ao antigo regime de Maduro, incluindo instituições como a PDVSA, é mudar o comportamento através do apoio a um líder venezuelano democraticamente eleito e àqueles que buscam a restauração da democracia”.

O assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, publicou o comunicado no Twitter e indicou que o “único caminho” para o alívio das sanções é aceitar “a generosa oferta de anistia de Guaidó”. O Tesouro americano informou que os EUA “continuarão” a cobrar os responsáveis que se colocam “no caminho para a restauração da democracia”.

Notícias relacionadas