Mundo

Plano de paz dos EUA quer levantar US$ 50 bi para a Palestina

Autoridade Palestina já anunciou boicote, e diz que Trump quer comprar os palestinos

[Plano de paz dos EUA quer levantar US$ 50 bi para a Palestina]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por Catarina Lopes no dia 22 de Junho de 2019 ⋅ 16:30

Os Estados Unidos anunciaram hoje (22) que seu plano de paz para o Oriente Médio pretende levantar US$ 50 bilhões para os palestinos, pretendendo também dobrar seu PIB em uma década. A Autoridade Palestina já anunciou que vai boicotar o plano, chamado “Da Paz à Prosperidade”, declarando que Trump, que apoia abertamente Israel, está tentando comprar os palestinos e, consequentemente, privá-los de um Estado independente.

O governo norte-americano disse que o plano pretende reformar a economia palestina e criar laços com as economias vizinhas, assim obtendo grandes investimentos internacionais. “Pode transformar a Cisjordânia e Gaza de maneira fundamental e abrir um novo capítulo na história palestina, um capítulo definido não por dificuldades e perdas, mas por liberdade e dignidade”, afirmou a Casa Branca em um documento divulgado hoje.

Os EUA também declararam que o dinheiro arrecadado será administrado por um banco internacional de desenvolvimento, assim garantindo uma melhor governança e evitando a corrupção, o que corre o risco de irritar ainda mais os líderes palestinos.

Notícias relacionadas