Mundo

Senado americano aprova lei que barra empresas chinesas em Bolsas dos EUA

Legislação é outro exemplo da crescente pressão contra a China no Congresso, que vinha se concentrando no comércio e em outras questões

[Senado americano aprova lei que barra empresas chinesas em Bolsas dos EUA ]
Foto : Getty Images

Por Luciana Freire no dia 20 de Maio de 2020 ⋅ 20:00

O Senado dos Estados Unidos aprovou por unanimidade hoje (20) uma lei que pode impedir que algumas empresas chinesas sejam listadas nas Bolsas de Valores do país, em meio a relações tensas entre as duas maiores economias do mundo. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

O projeto foi apresentado pelos senadores John Kennedy, republicano da Louisiana, e Chris Van Hollen, democrata de Maryland, e exige que as empresas atestem que não estão sob o controle de um governo estrangeiro.

A legislação é outro exemplo da crescente pressão contra a China no Congresso, que vinha se concentrando no comércio e em outras questões.

O clima tenso entre os dois países foi intensificado recentemente uma vez que o presidente Donald Trump acusa a China como o principal culpado pela pandemia de coronavírus.

Notícias relacionadas