Mundo

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu começa a ser julgado por corrupção

Netanyahu compareceu ao tribunal do distrito de Jerusalém em uma batalha judicial para evitar a prisão e limpar sua reputação

[Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu começa a ser julgado por corrupção]
Foto :Reprodução/Kremlin.ru

Por Luciana Freire no dia 24 de Maio de 2020 ⋅ 11:30

 

Tem início hoje (24) o julgamento de Benjamin Netanyahu, que se torna o primeiro chefe de Governo na história do país a enfrentar acusações criminais por corrupção, que ele nega, durante seu mandato. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Netanyahu compareceu ao tribunal do distrito de Jerusalém em uma batalha judicial para evitar a prisão e limpar sua reputação.

Ele declarou inocência no início de seu julgamento, dizendo que estava sendo acusado, mas "com a cabeça erguida". Cercado por um grupo de ministros de gabinete de seu partido de direita, o Likud, Netanyahu apelou à opinião pública enquanto se dirigia às câmeras de televisão no corredor do tribunal antes de aparecer na frente de um painel de três juízes.

"Essas investigações foram contaminadas e costuradas desde o primeiro momento", disse Netanyahu sobre acusações de suborno, quebra de confiança e fraude no centro de três casos de corrupção. Ele chamou a investigação de caça às bruxas, incentivado pela "mídia de esquerda" e opositores políticos a encerrar seu mandato recorde como principal ministro.

"Estou aparecendo aqui hoje, como seu primeiro ministro, de pé e com a cabeça erguida", disse Netanyahu, prometendo superar as acusações e continuar liderando Israel em seu atual mandato.

Notícias relacionadas