Mundo

Caso George Floyd: Toronto, Londres e Berlim também registram protestos antirracistas

Na cidade canadense, manifestantes também pediram justiça por Regis Korchinski-Paquet, que morreu ao cair de um prédio durante uma abordagem policial

[Caso George Floyd: Toronto, Londres e Berlim também registram protestos antirracistas]
Foto : Reprodução/Reuters

Por Juliana Rodrigues no dia 31 de Maio de 2020 ⋅ 09:37

Outras cidades ao redor do mundo também registraram protestos antirracistas ontem (30), após a morte de George Floyd durante uma abordagem policial em Minneapolis, nos Estados Unidos. Manifestantes saíram às ruas nas capitais do Reino Unido e Alemanha e também em Toronto, no Canadá. 

Nos Estados Unidos, a tensão aumenta em várias cidades no quinto dia seguido de protestos, desde que o ex-segurança de 42 anos morreu após ser sufocado por um policial. Ao menos uma pessoa morreu e três foram baleadas na madrugada de hoje (31).

Em Berlim, na Alemanha, milhares de manifestantes se reuniram em frente à embaixada americana, com cartazes pedindo justiça por George Floyd. Já em Londres, o protesto pacífico foi no distrito de Peckham, ao sul da capital britânica.

Em Toronto, o protesto também pediu justiça por Regis Korchinski-Paquet, uma mulher negra que morreu depois de cair de um prédio durante uma abordagem policial.

Notícias relacionadas