Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Nova Zelândia zera casos de coronavírus e anuncia retirada da maioria das restrições

Primeira-ministra Jacinda Ardern anunciou que país entrará no alerta de 'nível 1'

[Nova Zelândia zera casos de coronavírus e anuncia retirada da maioria das restrições]
Foto : Michael Bradley/Getty Images/NZTE

Por Matheus Simoni no dia 08 de Junho de 2020 ⋅ 07:18

A Nova Zelândia não registrou, pela primeira vez desde o início da pandemia, nenhum caso ativo de coronavírus. O registro é desde 28 de fevereiro, data que o primeiro caso confirmado da doença foi registrado no país. Segundo informou o Ministério da Saúde neozelandês, não há registro de novos casos no país há 17 dias. Na última semana, somente um caso continuava ativo. Ao todo, o país teve 1.154 infectados e 22 mortes em uma população estimada em 5 milhões de habitantes.

De acordo com a primeira-ministra Jacinda Ardern, a partir de terça-feira, o país entrará no "nível 1" de alerta, que significa que a maioria dos serviços e eventos podem funcionar próximos da normalidade, seguindo cuidados para evitar que o vírus volte a circular, como encorajar o distanciamento social entre pessoas fora de suas casas. As fronteiras, porém, seguem com restrições.

"No nível 1, esperamos a continuação da recuperação", disse Ardern. "Certamente veremos novos casos, mas isso não é sinal de que falhamos", acrescentou. Em coletiva de imprensa, a premiê contou que dançou ao saber que o país zerou o número de casos ativos e afirmou que agora, com segurança, "poderemos encher esses aviões, ônibus e cafés".

Notícias relacionadas