Mundo

Trump é vaiado no velório da juíza Ruth Ginsburg

"Honre o desejo dela", gritaram, em referência ao pedido da juíza para que seu substituto não fosse confirmado "até um novo presidente tomar posse"

[Trump é vaiado no velório da juíza Ruth Ginsburg]
Foto : Reuters

Por Metro1 no dia 24 de Setembro de 2020 ⋅ 22:00

O presidente Donald Trump foi vaiado hoje (24) por um grupo de manifestantes presentes no velório da juíza Ruth Bader Ginsburg, em frente à Suprema Corte dos Estados Unidos.

Trump chegou ao local com sua esposa, Melania, fez um minuto de silêncio e saiu rapidamente. Poucos minutos depois, já estavam de volta à Casa Branca. Durante sua permanência, houve gritos de "honre o desejo dela", em referência ao pedido da juíza progressista para que seu substituto não fosse confirmado "até um novo presidente tomar posse".

Ginsburg morreu na última sexta-feira (18), aos 87 anos. Ela foi nomeada pelo ex-presidente democrata Bill Clinton em 1993, e se tornou a segunda mulher a integrar a Suprema Corte. As despedidas da juíza começaram ontem (23) e vão durar três dias.

Notícias relacionadas