Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

'Não estaremos com os extremos', diz ACM Neto sobre aliança do DEM para 2022

O presidente do partido informou que ainda vai avaliar a postura de todos os possíveis candidatos a fim de, com o tempo, escolher quem terá o seu apoio

['Não estaremos com os extremos', diz ACM Neto sobre aliança do DEM para 2022]
Foto : Max Haack / Secom

Por Adele Robichez no dia 04 de Fevereiro de 2021 ⋅ 10:20

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o presidente do partido Democratas (DEM), ACM Neto, declarou ontem (3) que não descarta nenhuma opção para as próximas eleições presidenciais, que serão realizadas em 2022. Apesar disso, revela que, por enquanto, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) só será cogitado caso mude seu posicionamento "extremista".

"Nós não estaremos com os extremos", afirmou Neto. Sobre a possibilidade de estar com o Bolsonaro, ele avalia que "neste momento não posso fazer isso". "Qual Bolsonaro vai ser? Os dos dois últimos anos que passaram? Não queremos. Agora, haverá um reposicionamento? Para a construção de algo mais amplo, que não fique limitado à direita? Não sei. Então, não posso responder agora", explicou.

O presidente do DEM informou que o partido vai avaliar a postura de todos os possíveis candidatos a fim de, com o tempo, escolher quem terá o seu apoio. "Seja [João] Doria, Bolsonaro, [Luciano] Huck, Ciro [Gomes], [Luiz Henrique] Mandetta, qualquer um dos nomes, vamos saber com o passar do tempo se vai ter mais ou menos chance", concluiu.

Notícias relacionadas