METROPOLE

Domingo, 09 de maio de 2021

Política

'Vamos investigar a condução do ex-ministro Pazuello', diz Otto em entrevista

Senador Otto Alencar (PSD) foi entrevistado no Jornal da Bahia no Ar e falou sobre a CPI da Covid

'Vamos investigar a condução do ex-ministro Pazuello', diz Otto em entrevista

Foto: Reprodução Rádio Metrópole

Por: André Uzêda no dia 16 de abril de 2021 às 09:26

Em entrevista a Mário Kertész, no Jornal da Bahia no Ar, da Rádio Metrópole, o senador baiano Otto Alencar (PSD) falou sobre a CPI da Covid, recentemente aprovada em Brasília e que vai investigar o uso de gastos públicos federais durante a pandemia.

Questionado por Mário se a investigação corria o risco de se tornar um "frankenstein", por uma manobra para englobar na mesma comissão também gastos de prefeitos e governadores, Otto comentou a decisão. "Não há como numa CPI, que se faça requerimento de prefeitos e governadores. Se tem repasse de recursos federais, pode-se pedir essas informações se houve aplicação correta ou não. Mas não dá pra convocar nem governadores e nem prefeitos, isso cabe a Assembleias Legislativas e Câmara de Vereadores. Mas se identificarmos má gestão, vamos passar para os órgãos competentes destas esferas", pontuou.

Otto falou também a gestão do ex-ministro Eduardo Pazuello e dos erros cometidos durante sua gestão à frente da pasta. "Ele disse textualmente no mês de julho: 'só vou comprar vacina se tiver demanda... E a depender do preço." Essas coisas todas precisam ser investigadas. Agora não pode confundir uma Comissão Parlamentar de Inquérito como uma Comissão Parlamentar de Condenação. Vamos ouvir, dar direito de resposta, com toda a imparcialidade. Todo acusado tem direito de se explciar", pontuou.

O senador baiano falou também dos trâmites da CPI durante a pandemia, o que complica os movimentos políticos para escolha do presidente e do relator da comissão. "Falei com o presidente [do Senado] Rodrigo Pacheco e me dispûs a ir a Brasília para iniciar a abertura dos trabalhos e iniciar o trabalho da comissão", disse.

Otto critiou também a falta de decisões científicas na condução da pandemia durante o governo Bolsonaro. "O ministro Pazuello deixou uma marca que não é convencial pra algém que é Ministro da Saúde. A medicina, o conhecimento científico não se dobra a uma informação equivocada quando pode prejudicar a vida das pessoas. E  o ministro Pazuello se dobrou a isso"

O político foi perguntado sobre a anulação do processo do ex-presidente Lula (PT) no Supremo Tribunal Federal, e concordou com a decisão. "Não atuo como advogado nesse caso, mas pra mim houve uma injusitiça clara na condução do processo de Lula. A Lava Jato teve pontos positivos, com a devolução de dinheiro de corrupção, mas houve um erro quando a política passou a influenciar os ditames da operação", disse.

 

TV METRO

Entrevistas

Roberto Coelho

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
'Vamos investigar a condução do ex-ministro Pazuello', diz Otto em entrevista - Metro 1